Pulp

Por Que Pra Lá?

31.jul.2014

“Geórgia?!… Hm… É nos Estados Unidos?

Se você se fez a pergunta acima quando leu o título deste post, não se preocupe. Eu venho escutando ela de quase todas as pessoas para quem revelo um dos destinos da minha próxima viagem. E acho bem normal, até. A Geórgia dos Estados Unidos é muito mais famosa do que a Geórgia da Europa. Ela tem Atlanta, tem a Coca-Cola, teve Olimpíada em 1996.

David Fielke (CC BY-NC-ND 2.0)

Só que a Geórgia da Europa não deve ser esquecida, muito menos por quem gosta de paisagens lindíssimas, histórias incríveis, ex-repúblicas soviéticas, povos hospitaleiros e lugares diferentes no nosso mundinho.

Irei para lá entre outubro e novembro, na mesma viagem em que visitarei a Jordânia. Aliás, essa combinação de países não faz o menor sentido, mas não vou me preocupar em explicar agora. Para o momento, vamos ao que interessa: por que eu resolvi ir para a Geórgia? (mais…)

22.jul.2013

O Por Que Pra Lá? já passou por duas das ilhas mais estranhas e incríveis do mundo (as Faroe e a Groenlândia). Mas, sabe-se lá por que, acabou ignorando a ilha que fica bem no meio dessas duas e que não deve nadinha para nenhuma delas: a björkíssima Islândia.

Sverrir Thorolfsson (CC BY-NC-ND 2.0)

Para corrigir essa falha gigantesca, preparei um post completão. E olha que “completão”, em se tratando de Islândia, é um post extremamente grande.

Mas vamos lá. (mais…)

10.fev.2013

Não sou fã do futebol, mas às vezes o esporte me atrai e o dia 10 de fevereiro teve um desses momentos.

Às 16h do domingo de Carnaval no Brasil, começou a final da Copa Africana de Nações, o maior torneio de seleções do continente do outro lado do Atlântico.

nyhao (CC BY-NC-SA 2.0)

O jogo era entre a Nigéria e a seleção de um país que pouca gente havia ouvido falar antes da definição dos finalistas: Burkina Fasso (que um monte de jornais escreve com apenas um S, mas o Manual de Redação do Estadão manda escrever com dois, e eu escolhi seguir o Estadão). (mais…)

3.dez.2012

Existem muitos lugares que podem ser chamados de “paraíso” no nosso mundo. Claro que as definições de “paraíso” são subjetivas, mas se o seu conceito é assim tipo o meu (e inclui praias, natureza, distância do mundo e pessoas diferentes e pacíficas), então você também deve achar que um desses lugares é Papua-Nova Guiné.

tarotastic (CC BY 2.0)

Esse país é um antro de maravilhas. E um antro de mistério e desconhecimento por boa parte do mundo também. (mais…)

1.jul.2012

A primeira vez que eu olhei para a Mongólia como um destino de viagem foi assistindo a um episódio do Planeta Solitário, programa que passava no falecido canal People+Arts, apresentado pelo meu heroi Ian Wright, há uns 450 anos.

All rights reserved by Egonf

Lembro do Ian chegando em uma cidade que parecia deserta, a capital Ulan-Bator, carinhosamente chamada de UB (“u-bê”) pelos locais. (mais…)

11.jun.2012

Países terminados em “istão” têm um ar misterioso para os ocidentais.

Paquistão, Afeganistão, Cazaquistão e todos os outros sempre parecem ser estranhos e absurdamente distantes das nossas vidinhas. E o que dizer de um país terminado em “istão” completamente cercado por outros “istões”?

druidabruxux (CC BY-NC-SA 2.0)

Esse é o Uzbequistão. (mais…)

26.mar.2012

A Groenlândia é um lugar estranho. Acompanhe comigo.

All rights reserved by ~ Floydian ~ (Flickr)

(mais…)

27.fev.2012

Na minha outra vida digital, quando lancei o Por Que Pra Lá?, pedi para os leitores me passarem os destinos que apareceriam na série. A primeiríssima sugestão veio do Träsel, que mandou a pergunta:

Por que alguém passaria férias nas Ilhas Faroe?

All rights reserved by little_frank

Pegue todo tipo de roupa que você tiver (você vai entender o motivo a seguir) e me acompanhe. (mais…)

22.jan.2012

Minha tara pela Etiópia começou em 7 de novembro de 2008. Naquele dia, recebi um e-mail de um amigo que estava lá, contando um pouco das aventuras naquele lugar.

Alfred Weidinger (CC BY-NC 2.0)

Desde então, o país africano já apareceu algumas vezes neste bloguinho (e no seu falecido antecessor), mas, vergonhosamente, nunca foi o tema de um Por Que Pra Lá?.

Bueno, chegou a hora de corrigir esta falha.

(mais…)

13.dez.2011

Há exatamente um ano, a vitória do Mazembe sobre o Internacional fez com que muitos colorados se perguntassem “Onde estes caras aprenderam a jogar esse futebol?” e muitos gremistas se questionassem “Onde encontro uma camisa destes caras?”

United Nations Photo (CC BY-NC-ND 2.0)

A resposta para as duas perguntas é simples: na República Democrática do Congo. E em homenagem ao Tout Puissant, fiz um Por Que Pra Lá? sobre o seu país. (mais…)